Buscar

Como ter um bom projeto de marcenaria planejada na cozinha

Não há dúvidas: para o melhor aproveitamento do ambiente é preciso de um bom projeto de marcenaria. Mas além da qualidade e durabilidade dos móveis, o que configura um bom projeto de móveis planejados? Nós listamos algumas coisas que vocês precisam levar em conta na hora de definir o projeto de marcenaria para sua cozinha.



1. Meça cada centímetro

O primeiro passo é tirar medida de todas as paredes para ver a metragem total disponível. Isso vai te ajudar a definir o melhor layout para o ambiente. Não se esqueça, cada centímetro é importante para o espaço!


2. Levante seus hábitos e o que já tem

Você precisará saber o que a sua cozinha precisa comportar. Por exemplo: você é uma pessoa que prefere mais gavetas pois tem muitos itens menores, como jogos de talheres, para armazenar? Prefere uma área de despensa maior com prateleiras para colocar os mantimentos? Tudo isso vai influenciar as suas escolhas e precisa ser levado em conta. Por isso, observe aquilo que você tem (mesmo que vá comprar tudo novo) para saber quais são suas preferencias e hábitos na rotina da família.


3. Eletrodomésticos e eletroportáteis.

Não saia planejando a cozinha sem ter em mente os eletrodomésticos – ainda mais se for optar por modelos embutidos. É preciso saber quais eletrodomésticos vão estar no ambiente, e as medidas de cada um, para o projeto ser compatível a eles. Ah, e pense também nos eletroportáteis que fazem parte da sua cozinha. É comum não pensar neles, e acabar sem espaço interno para armazena-los.




4. Pense no layout

Agora que você já sabe tudo que a sua cozinha precisa, é hora de pensar na disposição dos móveis. Lembre-se de levar em conta se tem pontos de energia e hidráulica perto para ligar os aparelhos. O ideal é deixar de 1 a 1,20 metros, pelo menos, para a circulação do ambiente. Assim não corre o risco de ficar apertado para passar.


5. Alturas e medidas

Existem algumas medidas padrões para o mobiliário da cozinha. A altura ideal da bancada de trabalho (ou a pia) é de 92 a 94 centímetros. Para o gabinete, a profundidade varia entre 55 a 60 cm. Para os móveis superiores, o convencional é de 35 a 40 cm.





Tomou nota de cada dica e ainda assim continua com dúvidas? Entre em contato! Nós podemos te ajudar com um projeto sob medida para a sua necessidade!

27 visualizações0 comentário